; Change the world [..]
I'm gonna love you like
I've never been broken...
25,207 notes
3 weeks ago
fucking reblog
via · source
“Eu não sou difícil de entender. A verdade é que eu sou bem fácil de lidar. A verdade é que se eu gosto, eu gosto mesmo. E corro atrás, e me desculpo, e piso em cima do meu orgulho e às vezes até de mim. A verdade é que quando eu amo, eu não sei mentir. E me entrego mesmo, e me coloco num cantinho qualquer, não olho para os lados, e sem perceber já vou, já fui, já nem tô mais, nem nunca estive.”
Casebre.  
Source:casebre
151 notes
4 months ago
fucking reblog
via · source
“Notei que deixei oportunidades passarem, eu a vi escorrendo entre meus dedos como se fosse areia, hoje vejo que essas oportunidades que eu não experimentei pode realmente ter sido o melhor a ter acontecido, e hoje não ligo para esse lance de ter alguém, não ligo para demora, afinal eu não mereço qualquer uma e eu sei que vou esperar pela certa, então talvez a vida seja isto, a gente trilha por um caminho até encontrar alguém que nos ensine o outro.”
Matheus Almeida. (via pautear)
1,438 notes
4 months ago
fucking reblog
via · source
“Não sei mais o que houve, mais parece que estou no primeiro degrau da escada preste a cair, meio que não sinto mais o chão, não tenho mais emoção, reação, um coração. Não é frieza. Longe disso. Apenas não sinto mais vontade de me entregar para alguém, não há necessidade se sei que longo a perderei, repito, não é frieza e sim uma reação, um modo de me preservar, um modo de não me desgastar e me preparar para a pessoa certa, e sei que quando o momento certo chegar ela responderá com um sim, em cima do altar.”
E por que não? Eu, você e um violão. 
Source:sepultos
599 notes
5 months ago
fucking reblog
via · source
“Palavras tem um poder absurdo. Não possuem peso físico, porém nos jogam no chão e nos ferem mais que socos no estômago. Por que consigo levam o valor da verdade de quem as profere ou a dor de lembranças, realmente difíceis de serem apagadas. No entanto, por mais que sinceras, há um poder sem limites, um poder que alcança o ápice de uma relação, o perdão.”
Jhennifer Wernek
Source:segredou
615,817 notes
5 months ago
fucking reblog
via · source
11,009 notes
5 months ago
fucking reblog
via · source
“Eu era um vazio, que transbordava sentimentos.”
Helston, 1854. 
Source:asfixiam
33,485 notes
6 months ago
fucking reblog
via · source
“No fundo, a gente só quer que seja recíproco.”
Totalizei.  
Source:totalizei
79,060 notes
6 months ago
fucking reblog
via · source
Source:refiz
9,413 notes
7 months ago
fucking reblog
via · source
É aquele velho sonho de ser alguém na vida.
Projota. 
Source:reinventor
265,343 notes
7 months ago
fucking reblog
via · source
Source:weheartit.com